17 ESTRATÉGIAS INFALÍVEIS de Marketing Digital que toda EMPRESA DEVERIA CONHECER ( venda mais 💰💰)

4
3


Você está precisando vender mais? Está à
procura de outras oportunidades para sua equipe de marketing? Então vem comigo que
eu vou te contar 17 estratégias de marketing que toda empresa precisa
conhecer. Vamos lá. Seja bem-vindo a mais um vídeo da Rock
Content. Eu sou Marina Cordeiro, analista de
marketing aqui na Rock. No nosso canal
você aprende a fazer marketing de maneira eficiente no mundo digital. E aí,
quer se tornar a autoridade no assunto? Começa agora se inscrevendo no canal e
ativando as notificações no sininho para você não perder nenhuma novidade. Quem está no mundo dos negócios já sabe. A estratégia certa pode fazer a empresa
crescer, enquanto a estratégia errada pode acabar com seus recursos. É por isso que hoje vou te apresentar 17
estratégias que você pode combinar da maneira mais adequada para sua empresa e
você conseguirá alcançar os resultados que você procura. Inclusive nós vamos falar de estratégias
que já foram testadas por outras empresas,
algumas até pela própria Rock e você vai notar que algumas delas se esbarram
entre si e tá tudo bem. O marketing bem feito é pensado de
maneira holística e não pode deixar nenhuma ponta solta. Então vamos nessa? A primeira estratégia
que eu quero te contar é de usar lead magnets. Quando você usa essa estratégia,
vai parar e pensar nos problemas que a sua persona encontra no dia a dia. Então
refletindo sobre isso você pensa o que você pode produzir pra ajudar a
solucionar esses problemas. Aí em cima disso, você vai construir seja
um ebook, planilha, curso, qualquer coisa que
vá ajudar e vai oferecer valor para as pessoas. Em troca disso você pode pedir que o
endereço de e-mail, o telefone, o website, qualquer informação que seja
relevante para a sua empresa e que vocês possam utilizar para avaliar. Será que essa pessoa é uma oportunidade
de negócio para nós? Então você está
trocando o valor com o seu contato e você está oferecendo valor por seu
contato, em troca receber informações de valor para sua equipe de vendas. A próxima estratégia é de SEO, que
vem de search engine optimization, ou otimização do conteúdo para os motores
de busca. Essa estratégia é ideal para quem já
possui um site um blog, ou seja você já produz conteúdo e agora é só você
otimizar para que mais pessoas consigam encontrar. Quando se fala em SEO é importante
pensar em SEO on page, e SEO off page. Mas o que é isso? Quando a gente fala SEO on page, a
gente está falando das questões dentro do seu site, ou seja, qual a palavra
chave que você escolheu, como está o tamanho do conteúdo, se você está trabalhando bem
a escaneabilidade, escolher bons títulos, otimizou as suas imagens, todas
essas questões que você trabalha do seu lado. E quando a gente fala de SEO
off page a gente vai falar de questões externas ao seu site,
ou seja você está trabalhando com algum negócio local, então SEO local,
se você tem presença em outras redes sociais, você tem que fazer a divulgação
também através delas e trabalhar muito link building pra conseguir aumentar o
domínio da sua página e passar mais autoridade para o Google. Inclusive se
você quer saber um pouco mais sobre esse assunto, clique nesse vídeo aqui em cima
que a gente fez um tutorial completo para explicar qual a melhor estratégia de
SEO para 2019. A nossa próxima estratégia é vídeo
marketing. Afinal, se uma imagem vale mil
palavras, não preciso nem dizer quanto vale um vídeo né? As estratégias de conteúdo em vídeo são
muito ricas para você criar conexão com o público. Não é a toa que a gente tá aqui! Então use e abuse de transmissões ao
vivo, stories, webinars, tudo que você conseguia adaptar o seu conteúdo é uma
oportunidade muito bacana pra você trabalhar, seja no blog post, você também
pode transformar esse conteúdo em vídeo. A próxima estratégia é de
marketing em áudio. Essa estratégia vem
crescendo, está ganhando os holofotes nos últimos anos principalmente por conta do
surgimento das assistentes virtuais, como a Siri e Lexa. Então imagina, essas pessoas fazem uma
pergunta pra essas assistentes e elas respondem com algum conteúdo da sua
empresa. Além disso existem empresas que estão se
especializando em transformar o conteúdo escrito, seja do seu site ou do seu blog pra
conteúdo em áudio. Então você consegue
reutilizar esse conteúdo, impactar muito mais pessoas, e junto com isso, nós
temos o queridinho de 2019, que são os podcasts. Uma excelente estratégia para
você conseguir trabalhar os valores da sua marca e se conectar mais com seu
público. A nossa próxima estratégia é email
marketing. Com certeza você já ouviu
alguém falar “Ah, mas o email morreu” Olha, eles não poderiam
estar mais errados. Uma estratégia de email
marketing bem feita pode sim dar resultados e não vai cair na caixa de
spam. Pra isso você precisa trabalhar
com o calendário editorial muito bem definido. Não tem essa de “Ah, lembrei, tenho que
enviar um email agora” Você tem que se planejar
com antecedência. Junto com isso, é muito
importante você usar uma ferramenta adequada para fazer o envio desses emails,
que isso vai te ajudar a não ficar caindo na caixa de spam ou na caixa de
promoção. Quando você for desenvolver sua
estratégia de email, você pode trabalhar com três categorias. Vai ter os e mails, as
newsletter, que são os emails relacionais, você tem os emails promocionais, onde
vai promover algum produto, serviço ou até material, e os emails transnacionais,
que são aqueles que normalmente a gente
recebe quando faz uma compra, agenda um hotel e coisas nesse estilo. Junto com
tudo isso você também pode utilizar o email para fazer a nutrição de leads, ou
seja, toda vez que você tem um novo contato em seu site ou seu blog,
e você tem informações sobre ele, você pode começar a se comunicar com essa
pessoa para entender mais das dores e das
dúvidas que ela tem, e mandar conteúdo que vai ajudar a solucionar essas
questões. Lembra que eu falei dos lead magnets lá no
começo do vídeo? Pois é, aqui eles acabam se
esbarrando. Se você fizer um bom lead
magnet, você vai ter informações relevantes sobre os seus contatos e você
ainda consegue trabalhar e encaminhar mais conteúdo de interesse dessa persona. Então você vai estar reforçando o
relacionamento com ela e isso te deixa alguns passos mais próximo de realmente
fechar aquele negócio. A nossa próxima estratégia é uma
queridinha aqui da Rock. Nós vamos falar
do marketing de conteúdo. Uma boa
estratégia de marketing de conteúdo é onde você vai gerar valor para iniciar
um relacionamento com pessoas de interesse da sua empresa. Então através
dela você vai solucionar dúvidas ou até educar o mercado. Isso te deixa um pouco mais próximo
dessas pessoas, e quem sabe ajuda você a conquistar mais negócios. É importante lembrar, galera, que o
marketing de conteúdo não é uma estratégia que só pode ser feita online. Existem sim muitas táticas onde as
pessoas fazem marketing de conteúdo offline, e com certeza você conhece elas
Já ouviu falar no guia michelin? Ou você já
comprou uma lata de leite condensado que vinha com aquelas receitas
atrás do leite moça? Pois é, isso aí
são práticas onde as pessoas utilizam conteúdo, tanto para gerar conexão, ajudar
quem é o cliente né, seja para fazer a sua receita, ou no caso
do guia michelin, ajudar as pessoas a encontrarem bons restaurantes e gastar
em seus pneus michelin, e através disso você acaba incentivando a sua empresa
a conquistar novos clientes. Então marketing de conteúdo é uma
ferramenta muito poderosa, mas quando você for trabalhar com ela é importante
que você tenha em mente que ela acaba levando um pouco mais de tempo para
mostrar os resultados. Você precisa
construir uma base de conteúdos sólida e trabalhar bastante a divulgação pra você
realmente conseguir os resultados que sua empresa precisa. Combinado? Se você
tiver dúvidas em relação a isso, você pode conversar com a nossa equipe de
vendedores aqui de Rock. Basta clicar neste link aqui e o pessoal
pode fazer uma avaliação gratuita da estratégia da sua empresa. A próxima
estratégia é comarketing. Quando a
gente fala de comarketing, a gente fala de duas empresas que vão
trabalhar juntas, seja porque elas têm produtos e serviços complementares, ou
porque elas possuem o mesmo público de interesse. Nesse caso vocês vão trabalhar
juntos, seja para produzir conteúdo, uma estratégia que a gente já comentou, ou até
mesmo fazer alguns lead magnets para alcançar novos públicos. Então quando você faz um comarketing e
você escolhe bem os seus parceiros, é uma situação de win-win. Todo mundo sai ganhando, isso porque ao
trabalhar em conjunto vocês conseguem aumentar o alcance que vocês possuem,
maximizando a estratégia de distribuição de conteúdo. Desta forma você consegue
aumentar a sua autoridade e ainda conquistar uma parcela maior do mercado. Vou te dar alguns exemplos para você
entender como é que isso funciona na prática. Então imagine que uma
cooperativa de táxi faça uma parceria, um comarketing com
um hotel, e aí eles conseguem oferecer o transfer a um preço mais barato, e sempre
que o hotel tiver algum hóspede precisando de transporte, eles vão chamar
a mesma empresa de táxi. Ou até, imagine
uma empresa de uma marca de cerveja pode trabalhar em conjunto com uma empresa de
amendoins, e fazer uma campanha especial para a copa. Aqui na Rock, por exemplo, a
gente faz muito comarketing com empresa que possui um público semelhante ao
nosso e a gente oferece ebooks, rebinars e até planilhas. Estratégia
número 8! Sgora a gente vai falar de
mídia paga. Mídia paga é uma das
estratégias mais antigas do marketing, um dos métodos de promoção mais populares. Antigamente as pessoas faziam anúncios
em revistas, jornais, tv e rádio. Hoje em dia as empresas têm a
possibilidade de fazer anúncios, seja nas redes sociais, na página do google, em
outros sites. Então infinitas possibilidades. Aqui é
muito importante você ficar atento às métricas que você possui para avaliar se
o seu investimento está realmente dando efeito. Quando a gente fala de televisão, não tem
como a gente ter certeza se aquelas pessoas realmente assistiram a campanha
da sua empresa. Mas quando a gente está falando de um
anúncio no facebook por exemplo, a gente sabe exatamente quantas pessoas
visualizaram aquele anúncio, quantos clicaram e quantos preencheram ou cumpriram
qualquer que seja o objetivo que você tinha com aquela campanha. Então quando
você for trabalhar com mídia paga, muito cuidado. Planejamento é a palavra de
ouro. Saiba como utilizar o seu orçamento e
utilize-o com muita sabedoria, combinado? Agora nós vamos falar sobre branding, ou
gestão de marca. É muito importante você
desenvolver uma estratégia de branding para a sua empresa para passar sempre
uma mensagem consistente. Quando você tem uma boa estratégia de
branding, você consegue passar uma imagem consistente e confiante para as pessoas. Dessa forma você consegue criar valor
para a sua empresa. Então eu tenho certeza que você consegue
pensar em algumas marcas que cobram bem caro por alguns produtos e serviços,
simplesmente porque elas são vistas como premium. Então isso é uma boa estratégia de
branding, mas a estratégia de branding é muito
mais do que isso. Se você não trabalhar bem a sua marca, as
pessoas podem ficar confusas, não conseguir te identificar no mercado, ou nem
mesmo acreditar muito no seu discurso. Então é muito importante que você faça
uma gestão de todos pontos de contato que as
pessoas vão ter com a sua empresa e garanta que em todos esses lugares
elas vão ter a mesma experiência sempre. É isso que vai fazer com que elas
comecem a se relacionar com você com mais frequência e confiem realmente na
mensagem que você quer trabalhar. Agora nós vamos falar de
eventos. Eles são uma ótima forma de você
se aproximar do seu público e trocar experiências. Embora eles sejam muito mais comuns no
meio offline, também é possível você organizar eventos
digitais. Algumas empresas já fizeram
sessões de webinar e palestras mesmo com pessoas ao vivo, e também no meio digital. Dessa forma você consegue ampliar o
alcance desse conteúdo, atingir uma audiência, seja online e offline, e
construir uma relação de confiança com essas pessoas. Essa estratégia é excelente para quem já
possui um blog, por exemplo. Você pode ver
quais são os posts que já foram muito, que já receberam muitos acessos e aí
você já sabe, já tem uma noção de quais seriam bons assuntos para trabalhar na
agenda do seu evento. Sejam eventos
presenciais ou digitais eles podem te ajudar a fortalecer a marca da sua
empresa. A gente já falou sobre branding! E se
você por exemplo já tem um site, você pode utilizar os conteúdos que são mais
acessados pra construir a agenda do seu evento. Então você vai ter acesso ali dentro do
seu google analytics, quais são as cidades onde de onde vêm os seus visitantes? Então quais são os temas que eles mais
demonstram interesse? Já dá para você construir uma agenda
bem bacana. E se a sua empresa já possui
uma estratégia de eventos, você pode pensar em como adaptar e trazer esses
contatos do offline para o online. Então
pensar em sorteios, formulários e outras formas que você consiga capturar,
identificar essas pessoas para continuar trabalhando com elas nos dois canais. Agora a gente vai conversar sobre
remarketing, que nada mais é que fazer marketing de novo. Quando você tem uma estratégia de
remarketing, você consegue trabalhar com pessoas que você, que já passaram algumas
informações. Então eu tenho certeza que você já
entrou num ecommerce, pesquisou sobre um sapato, e depois conforme estava
navegando pela internet, você vê esse sapato em anúncios em diversos lugares. Isso é uma estratégia de remarketing. Ou
até quando você entra no ecommerce, põe um produto no carrinho, mas não finaliza
a compra, e algumas horas depois recebe um email falando “Ei, tá lembrado desse
carrinho abandonado aqui?” Pois é, mais um exemplo
de uma boa estratégia de remarketing. Quando você faz ações desse tipo
você consegue potencializar o resultado das outras estratégias. Às vezes a pessoa está indecisa no
momento da compra, ou até aconteceu alguma coisa enquanto ela estava
navegando, e ela acaba perdendo o foco e através dessas ações, você consegue trazê-
lo de volta para o seu site pra conversar com a sua empresa. Agora vamos falar sobre ABM, ou account
based marketing, que nada mais é que marketing baseado em contas. Quando você cria uma
estratégia de ABM, você vai estar trabalhando com foco exclusivamente em
empresas de grande potencial. A estratégia de ABM é mais adequada para
empresas que possui um ciclo de venda mais longo, ou algum produto ou serviço
muito complexo. Se você tem uma empresa que não
oferece esse tipo de serviço, talvez essa estratégia não seja tão
adequada pra você. Uma boa estratégia de
ABM vai ter um perfil de empresa muito claro que vai ser trabalhado pela equipe
de vendas. Através dele que eles vão sair
em busca dos contatos que trabalham nessas empresas,
e aí você começa a utilizar a estratégia de marketing de conteúdo para impactar
essas pessoas junto com outras ações, sejam elas de mídia paga, branding ou até
eventos. Melhor que falar da sua empresa
é deixar as outras pessoas falarem por você. É por isso que a nossa próxima
estratégia é sobre o uso de depoimentos e cases de sucesso. Se você já está no mercado há um certo
tempo, provavelmente você tem bons contatos e bons clientes que já falaram
bem de você. Por que você não captura os
depoimentos deles, transforma isso em um conteúdo, seja em vídeo, seja em áudio
ou até mesmo do seu blog, e mostra para as
outras pessoas como funcionam os seus produtos e serviços. Através dos cases e
até os depoimentos você consegue demonstrar a sua autoridade e deixar
outra pessoa falar como funciona os seus serviços. Isso é uma ótima estratégia de prova
social, um conceito psicológico onde as pessoas quando veem alguém que já teve
e já passou por uma experiência positiva com outra empresa, elas se sentem mais
confiantes e confortáveis para também passar pelo mesmo processo, ou seja,
também comprar de você. Então reúne todos
os materiais que você tiver que as pessoas já falaram sobre o seu negócio e
pense na qual a melhor forma de disponibilizar isso e ajudar
pessoas que estão em dúvida se elas devem ou não comprar de você, de que se
a sua empresa é uma ótima solução. Na
mesma vibe de cases e depoimentos, mas um pouquinho misturado com mídia paga,
existem os influenciadores. Nessa
estratégia você vai encontrar as pessoas mais adequadas para falar da sua empresa
e dar ajuda financeira para que elas façam essa promoção sobre a sua empresa. Então quando você for trabalhar com uma
estratégia de influenciadores, é muito importante você escolher o certo tipo de
influenciador. Se você está precisando
alcançar muitas pessoas, seja um conteúdo mais simples, ou até para as pessoas
tomarem conhecimento da sua marca, você pode contratar uma celebridade que
é uma pessoa que tem muito destaque social e ela vai alcançar um público
muito grande. Agora se você quer tratar de questões um
pouco mais técnicas ou até construir e reforçar a sua autoridade, é mais
recomendado você trabalhar com os especialistas da sua área. Alguns deles podem até não ter tantos
seguidores ou até uma produção de conteúdo consistente, mas com certeza são
pessoas em que o seu público geralmente se espelha para saber qual a
opinião dele sobre esse produto ou desse serviço? Se essa pessoa disse que é bom,
provavelmente deve ser. Devo experimentar? Então trabalhar com esses especialistas
é uma forma de conquistar essa autoridade e reduzir um pouco as
barreiras que as pessoas têm contra sua empresa. Por fim, se você já tem uma autoridade,
as pessoas já conhecem bastante do seu
produto, mas você quer aproximar da tomada de ação, ou seja, da compra em si,
talvez o mais adequado para você seja trabalhar com microinfluenciadores. Eles
são pessoas que não têm os perfis tão potente como os outros dois,
mas apesar disso as pessoas que seguem elas provavelmente têm um relacionamento
muito mais próximos, são amigos conhecidos ou até familiares, e quando
você utiliza esses microinfluenciadores, as pessoas acreditam muito mais nos
cases e depoimentos que eles vão compartilhar, provavelmente baseados em
experiências próprias. E é por isso que
eles estão mais aptos e mais próximos de realmente fechar um negócio contigo. Então ao criar essa estratégia você
precisa avaliar, qual o objetivo dela? Quando você quer se comunicar é algo
mais amplo, em questões de branding de como a sua
empresa funciona ou é algo mais técnico e mais próximo da venda? Cada tipo de
influenciador é mais adequado para um determinado momento da jornada de compra. Por isso, quando você for fazer o
planejamento da sua estratégia, preste bastante atenção nesses pontos,
combinado? A nossa próxima estratégia é
de marketing de referência. Quando você utiliza essa tática você vai
aproveitar os relacionamentos que você já tem com os clientes, principalmente
aqueles que já falaram bem da sua empresa pra eles trazerem novas empresas
e novas pessoas para fazerem negócios com você, ou seja, oferecendo brindes,
descontos ou qualquer coisa que seja interessante para o seu público. Eles vão
ter esse incentivo e vão se sentir mais motivados a divulgar mais sobre a sua
empresa, seus produtos e serviços. E
estratégia da vez é concursos. Por acaso
você sabia que o nome Azul Linhas Aéreas foi decidido em um concurso? Pois é, a empresa antes de iniciar as
suas operações, criou esse concurso para decidir o nome e a pessoa que deu essa
sugestão ganhou viagens vitalícias. Então essa estratégia é muito bacana pra
você se aproximar do seu público. Outro caso bacana é de uma empresa que
fez um concurso para lançar o produto. Então as pessoas precisavam comprar o
pão de forma, experimentar, pensar numa receita e enviar para o site. Depois elas ainda precisavam do suporte dos
amigos e familiares para votar na receita. Então tudo isso ampliava o alcance da
marca e começava um relacionamento com as pessoas,
ou seja, concursos têm oportunidades pra todo mundo. Pensa naquele que é mais
adequado para sua empresa e desenvolve uma coisa bem bacana. E agora a gente vai
falar de marketing pra afiliados. Nessa estratégia você vai ter outras
pessoas falando do seu produto ou negócio. Ela é muito comum quando a gente
fala de infoprodutos, mas você também pode adaptar para sua empresa. Nesse caso essas pessoas vão ganhar uma
porcentagem do valor de venda e em troca disso elas vão fazer todo o trabalho de
divulgação que a sua empresa deveria fazer. Ou seja, se você está com a equipe de
marketing reduzida, precisando de ajuda, talvez seja uma oportunidade bacana pra
você explorar. Bom, eu espero que após ver esse vídeo
você esteja com a cabeça pipocando de ideias. E aproveito para recomendar:
não deixe de assistir o nosso vídeo de como ter sucesso com estratégias de
marketing digital. Muito sucesso para
você e até a próxima!

4 COMMENTS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here